Submeter Ideia
Topo

SOS Azulejo

SOS Azulejo

Quando falamos de azulejos portugueses podemos pensar que se trata apenas de uma artística tradição portuguesa.

Muitos desconhecem que o património azulejar lusitano ocupa um lugar de relevo no património da Humanidade.

É da necessidade de preservar e valorizar este património que, em 2008, é criado o “Projeto SOS Azulejo”.

Já com 8 anos este projeto que surge da «necessidade de combater a grave delapidação do património azulejar português» tem vindo a criar parcerias e a desenvolver iniciativas que visam não só a prevenção da intenção criminal, mas também, sensibilizar para a conservação e proteção de tão importante património.

Hoje, no Palácio Marquês da Fronteira, decorreu a cerimónia de entrega dos ‘Prémios SOS Azulejo 2015’. São prémios atribuídos anualmente e que visam a proteção e valorização do património azulejar português (e/ou de origem/tradição portuguesa).

Este ano foram atribuídos 6 Prémios e 10 Menções Honrosas, atribuindo, ainda, o ‘Prémio Obra de Vida’ a Graça Morais. Manuel Cargaleiro, que entregou à artista o prémio, foi o vencedor do ano passado nesta mesma categoria.

Veja aqui mais informação sobre o Projeto, Prémios de 2015 e anteriores.

Ao abrigo das iniciativas a ‘Ação Escola SOS Azulejo’ 2016 decorreu no passado dia 4 de maio e envolveu cerca de 100 escolas e com a participação de aproximadamente 9550 alunos e professores de todo o país. Uma ação que não se resume apenas a um dia mas que reflete o esforço de todos os envolvidos na criação de trabalhos dedicados ao Azulejo português. Os trabalhos vão desde a reprodução de azulejos em papel e cerâmica, criação de novos azulejos, exposições, debates, concertos musicais, jogos, filmes e muitos outros.

 Consulte aqui mais pormenores sobre este dia.

 

Share